Mau humor, bom humor. Devias ficar orgulhoso de ti mesmo por seres tão capaz de ter influência sobre meu humor, afinal, é muito difícil que alguém tenha influência sobre mim relativa à qualquer coisa que seja!

Por mais que eu seja vulnerável e prestes mudar constantemente do estado “feliz pra caralho” para o “vou me afogar na sopa de miojo” (quanto drama!), isso se deve apenas pelo fato de eu ser instável, de lua, e não porque o que os outros costumam pensar, fazer ou falar me afete! “Mas com você foi diferente, foi de primeira… quando eu te vi até me faltou ar!”

Claro que pensar besteira faz uma grande parte do meu eu. Besteiras do tipo “impossíveis de se imaginar”, acredite, são possíveis para a mente hiperativa de Emmanuella Fraga! Uma pena que alguma delas realmente aconteçam e graças a Deus que muitas delas não passam da minha imaginação [ufa!].

Mas tu não! És ao contrário. Não costumas idealizar, imaginar, criar expectativas, sonhar conto de fadas! Imediatista! Tenta transformar seus castelos em realidade na hora! Fala o que sente sem pensar! Pensa coisas sem sentir! Não fica re-pensando, racionalizando, analisando, remoendo. Remoendo! Re- moendo! Poque só eu não percebi que remoer, é trabalho dobrado¿ É moer de novo algo que já foi triturado, digerido e teoricamente já teria que ter sido excretado, mas sei lá porque eu mesma entro num processo de reabsorção! [ui! Acho que ainda estou sofrendo influência das sessões de estudo de Fisiologia Humana com o pessoal que foi pro EE].

Tu me fizestes perceber que, o que for para acontecer, decerto vai acontecer! E como foi bom ter o alívio que teu abraço certo e firme me rendeu. Bem sabes como é sentir a verdade dessa forma, e estar em teus braços me faz respirar toda essa verdade, sinceridade e amor que circula entre nós. A sintonia em que nos encontramos fora transformada, naquele instante, e permanece ainda hoje de um modo desconcertantemente diferente.

Conversar é a base, se entender é uma grande alternativa, a qual eu admiro e sempre escolho! Sem falar que, sempre resolve e eu adoro! Roubo de dentro de mim mesma toda minha boa vontade para ti. Te entrego de bandeija! Fique com ela, mas faça bom uso quando não encontrar em teu interior algo bom [Lembre-se que eu te dei o meu melhor!]. Eu realmente estou aqui para dividir o que me permitires. Vamos lá! Sem acanhos! Tu te desvencilhas dos medos, dá um olé no desânimo e quando menos se espera, vais estar seguro com a minha companhia e do meu amor maior do mundo.

Motivo para acordar mais cedo, para ficar com frio na barriga quando o telefone toca. Motivo que me move à lugares que não gosto, que me interrompe a solidão. O tempo certo te jogou em minha direção e agora tu és motivo. O meu. Sem data de validade, sem prescrição, apenas com a aprovação de ambas as partes! Os verbos aproveitar, ser feliz e amar fazem parte do meu cotidiano agora.

Obrigada!

Anúncios