A verdade é que esse negócio de ficar entrando em coisas que você não quer ler [ou ver] meio que forçadamente é a maior palhaçada! É só não dar asa a cobra que não tem vento que te faça voar por lugares que não te farão bem! É o mesmo que cair na propaganda criada por uma “autora” que quer vender livros! O velho conto do vigário ou história pra boi dormir! Por pior que seja a história, se a autora tiver lábia, te convence! E se ela for manipuladora e de má índole então, coitadinha de você! Quando for ver já mandou embrulhar o livro, levou pra casa, devorou um bocado de páginas insossas e acabou com cara de tacho, decepcionada, ou pior, fula da vida com a história inventada ao estilo olhem.para.mim.porque.sou.o.centro.das.atenções!!! Além do que, venhamos e convenhamos… É tão fácil manipular fotos e fatos num mundo virtual! Mais fácil ainda é ser bonito, estiloso e de bem com a vida. Basta uma câmera digital de qualidade razoável, um cenário inusitado e toque de luz do photoshop e voilá! Acontece que, quando a gente ta cego de raiva a gente se esquece de lembrar que tem gente que tem o dom de inventar!
Assim sendo, mais uma vez eu digo… E olha que, se conselhos fossem bons, acho até que eu estava rica viu menina! Vamos cuidar da nossa vida e esquecer a pessoinha [no diminutivo!] que tem picuinha com você! Afinal de contas, se você realmente for no Orkut, fotolog ou seja lá o que for dela, de boba que é de cair na carocha, e ela estiver suuuper linda [mesmo que a base de maquiagem, escova e photoshop] e você se sentindo um bagaço… Ah amiiga, sinto muito, mas a culpa foi inteiramente sua! Sua, da sua ingenuidade e mais ainda, do seu dedo formigante!
Anúncios