Tags

Na vida a gente tem amigos e AMIGOS. E muitas vezes a culpa nem é do outro, mas nossa mesma! Nós nos afastamos, nós sumimos, nós nos distanciamos, nós esfriamos, nós nos ocupamos mais conosco mesmos que com o outro, nós…

Eu assumo a culpa, minha tão grande culpa! E venho aqui, envergonhada, mas aliviada, reconhecer que, mais uma vez me esqueci do meu MELHOR amigo. Pode me chamar de amiga da onça, ingrata, desnaturada e insensível! Bem o sou, por vezes… O fato é: É muito fácil ser amigo quando se precisa! E na alegria? Tão fácil se esquecer e viver os bons momentos de forma egoísta!

Então mais uma vez eu volto atrás do meu MELHOR amigo, num momento em que preciso! Me perdor meu Deus se é quase sempre, quando já não me resta mais nada, que me lembro de Ti! É muito fácil querer Seu colo, Seu consolo e a esperança que Tu, e apenas Tu me proporciona, em momentos de tristeza, solidão e angústia.

Não posso viver longe do Teu amor, Senhor!
Afaga-me em teus braços de amor!

OUÇAM:

Abraça-me – Abraça -me

“Quero ser como criança…
te amar pelo que És!
Voltar à inocência,
e acreditar em Ti!
Mas às vezes sou levado
pela vontade de crescer,
torno-me independente
e deixo de simplesmente de crer!

Não posso viver longe do Teu amor, Senhor!
Não posso viver longe do Teu afago, Senhor!
Abraça-me… abraça-me… abraça-me…
Com Teus braços de amor!

Anúncios